Buscar
  • Wellington Merluzzi

Corpo e Estilo

Eu gosto de pensar que o estilo é um grande estimulador da auto estima feminina. Quando uma mulher procura conhecer seus estilos pessoais, ela acaba desenvolvendo o super poder de se expressar pela própria imagem, sem nem precisar dizer uma só palavra. Só que isso só acontece quando existe aquele brilhozinho de auto amor dentro do nosso coração. É preciso se olhar e se conhecer para que isso aconteça. E a verdade é que a gente evita fazer isso, não é mesmo?

Muitas vezes temos medo de não nos encaixarmos num padrão, porém quando conseguimos olhar nosso corpo com mais carinho, uma luz de novas possibilidades surge em nossa vida. E essa luz nos traz a liberdade de experimentar, quebrando uma barreira limitante significativa. O importante é passar a vestir o nosso corpo com roupas que o favoreçam ao invés de tentar encaixá-lo num determinado tipo de roupa, só porque a gente viu no pinterest e gostou. A moda deve trabalhar a nosso favor e não o contrário.

Pense! Toda a base do processo criativo da moda é o corpo. É uma arte que precisa do corpo para existir. E não só do corpo padrão de beleza, mas sim de todos os tipos (incluindo o meu e o seu - sim, o seu!).

É interessante procurar identificar qual é o tipo de corpo que temos e buscar inspirações e referências visuais em perfis com estruturas corporais similares à nossa. Dessa maneira, passamos a sentir que pertencemos a um grupo e isso é reconfortante e estimulador.

Hoje, a comunidade e o mercado plus, por exemplo, já estão consolidados, mas ainda existe um gap de mercado onde estão a maioria das mulheres que já passaram pela minha consultoria. São as curvilíneas (ou curvies). Também não podemos esquecer das mulheres que são muito magras ou muito baixas ou muito altas. E está tudo bem! Cada grupo de mulheres tem uma beleza própria e pode se beneficiar dos efeitos do caimento da roupa certa.

Sabe aquela calça que você tem guardada, que não fecha mais porque seu corpo por algum motivo mudou e você guarda com a desculpa que ela é um incentivo? Então! Na verdade, ela é só mais um fator que aumenta a sua ansiedade de atingir um corpo que não é o que você tem! Livre-se dela! Liberte-se e aprenda a se olhar com carinho e a se gostar.

É importante ressaltar que isso tudo é um processo e não acontecerá de uma hora para outra. A consultoria de imagem e estilo ajuda muito nessa descoberta e irá auxiliar a vestir, com muito mais estilo, o corpo maravilhoso que você leva por aí.

Tente coisas novas, tente sempre! Experimente! Permita-se!

E se não der certo?

Tudo bem!!! A gente troca!

Afinal, são roupas e não tatuagens… Se joga!




3 visualizações0 comentário